O transporte vertical serve para qualquer carga, inclusive a sua!

Filtro

O i%c3%87amento %c3%89 para qualquer empresa %281%29

O transporte vertical serve para qualquer carga, inclusive a sua!

            Ao fazer a mudança ou construir um novo imóvel, por exemplo, é normal que algumas dificuldades sejam encontradas, como carregar um móvel até o último andar do novo apartamento ou transportar um contêiner até a obra. Nesses casos, assim como em muitos outros, o ideal é utilizar um processo chamado de içamento.

            O içamento é um serviço especial oferecido por empresas específicas, que utilizam veículos e equipamentos próprios para essa atividade. Consiste em transportar verticalmente objetos que não possam ser movidos de maneiras tradicionais, seja pelo peso e formato, ou pela dificuldade de acesso, como portas ou corredores estreitos.

Mas afinal, quem pode içar?

            Pessoas físicas e jurídicas, de pequenas, médias e grandes empresas podem contratar os serviços de içamento para transportar qualquer tipo de objeto, desde itens mais leves e menores, até grandes e pesados materiais.

            Mas é importante, antes de solicitar um serviço, ter a certeza que o processo será seguro e de qualidade. Para isso, existe o Plano de Rigging, um processo de planejamento que deve ser feito antes de içar qualquer objeto. Com ele, é realizado um estudo por meio de cálculos, pesquisas, desenhos e análises de campo, para entender quais os melhores equipamentos e posicionamentos corretos a serem feitos antes do transporte da carga. Assim, evita-se acidentes e erros durante o processo.

Onde encontrar esse serviço?

            A BBC Guidastes, é uma empresa que atua há 30 anos no setor de içamento. Com profissionais qualificados e equipamentos apropriados, iça qualquer material, prezando pelo seguro de responsabilidade civil.

Se você está precisando içar um objeto até a sua casa, apartamento, empresa, terreno ou obra, com total segurança, então a BBC é para você!

Faça sua cotação pelo nosso site, clicando aqui!

 

COMENTAR

0 Comentário(s)